Dar o que falar

Hoje em dia parece que as pessoas nos julgam pelo o que gostamos. Se interessar por algo que faz sucesso muito recentemente é tratado como um ato de alguém sem personalidade. Pessoas criam rótulos para determinados fãs. Parece que nada é o bom o suficiente.

Sabe aquelas frases do tipo: “Gosto é gosto e não se discute” e “Cada um, cada um”? Pois é. Acho que devíamos levá-las mais a sério. Sim, por que desde sempre existiram pessoas para criticar Deus e o mundo, literalmente falando, e o assunto aqui não são as críticas construtivas (que são muito importantes para o amadurecimento), e sim aquelas que servem para detonar com qualquer um (as que deveriam ficar só para a gente).

Isso acontece muito com os famosos que surgem de repente. Aqueles que dão o que falar, em todos os sentidos…

Quando algo não lhe agrada, o normal não seria ignorá-la? E quando eu digo “ignorar”, incluí não falar mal. Porque assim como você pode ver o gosto de seus amigos como “excêntrico”, eles podem achar o seu um tanto quanto estranho. Mesmo assim vocês não terminaram a amizade, certo? Bom, pelo ao menos não deveriam, porque cada criatura existente é diferente uma da outra, incluindo suas opiniões, e nem por isso merecem desrespeito. Pois o respeito é direito e dever de todos.

Beijo ; *

Anúncios

About sheylass

Sheila, 17 anos. Ama ler, escrever, dançar, fotografar, enfim, ama de tudo um pouco... ama até de mais.

Posted on Agosto 3, 2012, in comportamento, meus textos, opinião and tagged , . Bookmark the permalink. 2 comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: